Orquestra Jovem comemora 10 anos

O sonho se transformou em realidade. Na próxima terça-feira, dia 03 de setembro, às 20h, os mais de 100 alunos da Orquestra Jovem do Rio Grande do Sul subirão ao palco do salão principal da SOGIPA (Rua Barão de Cotegipe, 415, em Porto Alegre) para celebrar a primeira década de funcionamento do projeto que visa proporcionar inclusão social através da música. A apresentação contará com diversas participações especiais e tem entrada franca mediante retirada de ingressos na secretaria do Clube e no Café do Porto (Rua Padre Chagas, 293).

 

Quando pensou nesse grande evento para celebrar os 10 anos da Orquestra que ajudou a fundar, o maestro Telmo Jaconi resolveu fazer um passeio musical pelo mundo. “Vamos iniciar a apresentação com a obra Cânone em Ré Maior, do compositor Johann Pachelbel, onde participam todos os integrantes do projeto Orquestra Jovem do RS. Foi a primeira obra que apresentamos no Theatro São Pedro, há 10 anos, e tem um significado muito especial”, conta. A segunda música mostrará a recente evolução sinfônica, com a incorporação dos instrumentos de sopro: Bolero, de Maurice Ravel. “Será um momento muito especial”.

 

O primeiro bloco segue com músicas internacionais, como Um Vestido Y Um Amor, de Fito Paez e La Vie em rose, de Edith Piaf. Logo depois é a vez do repertório nacional, com Onde quer que eu vá, do Paralamas do Sucesso e Pode Vir quente que eu estou fervendo, do Erasmo Carlos. O músico instrumentista e acordeonista Renato Borghetti acompanha as crianças e adolescentes no terceiro bloco, dedicado às músicas regionalistas.

 

Além de Renato Borghetti, o concerto de aniversário contará com outras participações: Coral Sogipa, Coral Amrigs e Coral Fêmina Vox 25, do Centro Cultural 25 de Julho. “Será uma noite linda, onde o público poderá aplaudir os três grupos da Orquestra: os iniciantes, que entraram agora em agosto, os intermediários e os avançados. Sem falar dos nossos convidados especiais, que vão abrilhantar ainda mais esse momento de muita emoção”, afirma o maestro Telmo Jaconi.

 

Para Carla Zitto, presidente da Associação Orquestra Jovem do RS, é uma honra saber que o projeto proporcionou e segue proporcionando um primeiro contato com a música para mais de 1.000 estudantes carentes de Porto Alegre e região metropolitana. “E não é só a música, ajudamos a melhorar a autoestima de cada um que passou por aqui e provamos que eles são capazes de realizar os seus sonhos”, afirma.

 

Orquestra Jovem do RS:

 

A Orquestra Jovem do Rio Grande do Sul nasceu em 2009, a partir da iniciativa da Secretaria de Estado da Justiça e do Desenvolvimento Social em parceria com o Banrisul e a Federação das Associações de Municípios do Estado (Famurs). Em 2010 foi criada a Associação Orquestra Jovem do Rio Grande do Sul, uma ONG pautada pelo princípio e transparência e voltada a gestão integral da Orquestra. 

 

Nestes dez anos de trabalho, a OJRS proporcionou a inclusão social de jovens através da música. Alunos da rede pública de ensino na faixa etária de 10 a 24 anos formam o público alvo que compõe o corpo orquestral. Os integrantes recebem auxílio mensal e os que têm mais de 14 anos são inseridos no Programa Jovem Aprendiz, em uma parceria com o Pão dos Pobres.

Desde o início de 2017 a OJRS realiza o sonho de se transformar em uma Orquestra Sinfônica. Em 2016 a LIC RS (Lei de Incentivo à Cultura) aprovou o projeto “Orquestra Jovem do Rio Grande do Sul: Evolução Sinfônica”. Desde então, foram adquiridos instrumentos de sopros e contratados novos professores – um passo enorme na realização desse sonho.

 

A OJRS encanta plateias por onde passa. Em 2016 eles realizaram uma turnê pelo Uruguai e, em julho de 2018, eles foram convidados a participar em São Paulo do Festival de Inverno de Campos de Jordão, o maior festival de orquestras da América Latina. 

 

A sustentabilidade da Orquestra, assim como sua expansão e crescimento, é feita a partir do apoio dos sócios, leis de incentivo, empresas patrocinadoras, parcerias com instituições públicas e através de doações de pessoas físicas.

 

O Maestro

 

Desde sua criação, a Orquestra está sob o comando artístico do Maestro Telmo Jaconi. Depois de três décadas atuando com spala da OSPA, formado em música pela UFRGS, com ampla experiência nacional e internacional, seja como músico profissional, regente e diretor artístico, a presença de Telmo Jaconi à frente da Orquestra é uma garantia de qualidade e de condução ética da formação dos jovens músicos.

 

SERVIÇO

O QUÊ: concerto de comemoração dos 10 anos da Orquestra Jovem do Rio Grande do Sul, com a participação especial de Renato Borghetti, e dos Corais Sogipa, Amrigs e Fêmina Vox 25.

QUANDO: terça-feira, dia 03 de setembro, às 20h.

ONDE: Salão principal da Sogipa (Rua Barão de Cotegipe, 415).

QUANTO: entrada franca mediante retirada de ingressos.

MAIS INFORMAÇÕES: www.orquestrajovemrs.com.br;

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Porto Verão Alegre 2020

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Categorias

© Site orgulhosamente criado pela equipe PoaCult para você.

Faça contato conosco, envie e-mail para poacult@poacult.com.br