A História de Édipo Rei pelo avesso chega a Porto Alegre

Salve amigos PoaCult,

 

O psicanalista carioca Antonio Quinet, após uma pesquisa de 2 anos, finalizou uma nova adaptação, ou melhor uma transcrição, (c.f Haroldo de Campos) de Édipo Rei com interpolações instruído pela psicanálise e pela filosofia. Com esta adaptação, Quinet propõe a reconsideração da dimensão trágica da vida com seus paradoxos, as alegrias e tristezas, a contradição entre a determinação inconsciente (e histórica) e as escolhas do sujeito, o conflito entre os interesses do sujeito e os da coletividade e os avatares do sexo do leito á cova. Nessa apresentação de aula-espetáculo, Antônio Quinet narra a história que é interpretada por atores que utilizam máscaras africana e indígenas do Xingu. Este é um evento preparatório para a XXI Jornada Científica do CEPdePA e XIII Feira do livro psicanalítico – Édipo e suas versões.

 

A CLÁSSICA TRAGÉDIA GREGA ÉDIPO – REI DE SÓFOCLES

 

É considerada a obra mais importante da dramaturgia universal. Escrita há mais de 2500 anos encenada até hoje em todos os países ela não perde a atualidade, pois revela os elementos que determinam o caráter humano: o amor, o ódio, o desejo de saber, a culpa e a punição. “Édipo Rei”, a tragédia que deu origem ao “complexo”do mesmo nome  descrito por Freud, conta a história da busca empreendida pelo Rei Édipo em desvendar sua origem. Ao se tornar rei de Tebas após decifrar o enigma da Esfinge, ele deve descobrir quem assassinou Laios, o rei que ele sucedeu. Em um enredo que combina suspense e mistério, Édipo se depara com surpreendentes revelações.

 

SOBRE O AUTOR

 

Antonio Quinet é Psicanalista (Membro da Escola de Psicanálise dos Fóruns do Campo Lacaniano) e Doutor em filosofia (Université Paris VIII – orientação de Alain Badiou).Tradutor de Lacan no Brasil e professor do mestrado e Doutorado em psicanálise, Saúde e Sociedade (UVA) onde desenvolve a pesquisa Teatro e Psicanálise. Dramaturgo e diretor da Cia.Inconsciente em Cena e autor de 8 livros de psicanálise e 6 peças de teatro. Escreveu e dirigiu as peças “X, Y e S– o teatro íntimo de Strimberg”, “Artorquato ” e“Óidipous, filho de Laios ”. Encenou em Roma, “O sintoma – variações freudianas 1”, em Paris “La Leçon de Charcot – théatre hystérique ” e em Londres, Buenos Aires, Melbourne, Medellín e Nova York, além de várias cidades no Brasil, “Hilda & Freud – collected words ”, que escreveu, dirigiu e atuou.

 

Serviço:

O Que: “Óidipous, Filho de Laios - A História de Édipo Rei pelo avesso”, de Antônio Quinet.
Participação especial: Júlio Conte.
Quando: 04/08, ás 20h.
Onde: Centro Histórico Cultural Santa Casa
End.: Av. Independência, 75. 

Ingressos: R$80,00 (meia entrada para estudantes, classe artística, sêniors, professores, portadores de deficiência com acompanhantes e alunos da Comica Cultural). Cepianos pagam R$70,00.

 

Pontos de venda:

 - Centro de estudos Psicanalíticos de Porto Alegre (Tobias da Silva 287 – Moinhos de Vento)
 - Online no site www.souparceiro.com ; (Pelo site, a inteira é 70 reais + taxa de conveniência);

 

No local a bilheteria abre 1 hora antes da apresentação.

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Porto Verão Alegre 2020

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Categorias

© Site orgulhosamente criado pela equipe PoaCult para você.

Faça contato conosco, envie e-mail para poacult@poacult.com.br