Calafia Art Store promove segunda edição do projeto Curadoria Afetiva

Amigos PoaCult,

 

A Calafia Art Store abre suas portas para o lançamento da segunda edição do projeto “Curadoria Afetiva”. O projeto convida pessoas sem formação em crítica de arte para assinar a curadoria das obras dos artistas da galeria.

 

“Em casa, a escolha dos objetos e das obras de arte passa por filtros afetivos, imagens que despertam a memória e os desejos. A tarefa requer uma sensibilidade diferente da curadoria técnica, que depende de método e muito conhecimento teórico”, contam as diretoras da Calafia, Maria Luiza Sacknies e Moema Cândida. “Para debater um pouco estas conexões que estabelecemos ao escolher as obras de arte que irão compor as paredes de casa ou do trabalho é que surgiu a ideia do Curadoria Afetiva”, revelam.

 

Criado em 2016, o projeto contou com a seleção da jornalista Mariana Bertolucci para a seleção das obras. Desta vez a curadoria é da estilista Vitória Cuervo. Entre os artistas selecionados por Vitória para fazer parte da mostra estão Carla Barth, Carlos Dias, Tridente, Ania Valle, Heloisa Medeiros, Chana de Moura, Mariana Castello, Paula Plim, Rochele Zandavalli, Nina Moraes, Taila Idzi e Uchôa que apresentam originais em técnicas como gravura, pintura e desenho.

 

Uma seleção de reproduções em Fine Art assinadas e numeradas pelos artistas também serão expostas, inseridas na proposta de formação de público desenvolvida pela galeria.

 

Durante o lançamento, a artista Carla Barth e a estilista vão orientar uma mesa de atividades artísticas reunindo os temas moda e arte. Para animar o evento, Fritzzo e Martinelli comandam as pick-ups e os visitantes poderão degustar os rótulos de cerveja artesanal da Cervejara Old Boys. O evento tem entrada franca. A mostra segue em cartaz até 14 de abril.

 

Serviço:
 
O Que: Curadoria Afetiva
Lançamento e oficina artística com Vitória Cuervo e Carla Barth
Discotecagem Fritzzo e Martinelli | Chopp Cervejaria Old Boys
Quando: 27/03, das 18h30 às 21h30.
Onde: Calafaia Art Store
End.: Av. Independência, 1211, loja 23. Galeria Moinhos de Vento.
Quanto: Entrada franca.
Horário de funcionamento: De segunda a sexta-feira, das 10h30 às 19h.
Sábados, das 11h às 17h.
Tel: (51) 3108 1057

Email: atendimento@calafia.com.br
www.calafia.com.br

 

Vitória Cuervo é formada em Moda pela Universidade Feevale. Desenvolve coleções de  moda inclusiva, atemporal e sem gênero, pensada para todos os corpos. Começou a se interessar pelo tema da inclusão quando escolheu o tema em seu trabalho de conclusão de curso em 2009. Desde então, a estilista inclui peças adaptadas em suas criações. A gaúcha já participou do Donna Fashion Iguatemi, onde uma cadeirante desfilou pela primeira vez, tirou segundo lugar no 3º Concurso Moda Inclusiva realizado pelo estado de SP e foi finalista do Prêmio Top XXI Design Brasil na categoria novos talentos com a coleção Caleidoscópio em SP.

 

Os Artistas

 

Carla Barth - A artista Carla Barth se inspira na natureza e nas influências do folclore, história e mitologia. Seus desenhos e objetos nos transportam para o mundo da justaposição surreal e realidades reorganizadas. Realizou exposições no Brasil e no exterior, teve obras divulgadas em revistas de diversos países e já trabalhou com grandes marcas.

Carlos Dias – Inserido no movimento de arte urbana desde os anos 1990, Carlos Dias bebe de fontes como o rock, o skate a a prática do do it yourself do movimento punk. Já expôs no Masp e em outros prestigiosos espaços institucionais.

 

Heloisa Medeiros - se dedica ao registro fotográfico de ensaios sobre o feminino, temática que explora de forma regular em seu trabalho autoral. Participa de diversas ações coletivas como mostras e festivais nacionais e internacionais de fotografia. Em 2016 foi a única brasileira selecionada para expôr no Arsenale di Venezia, durante o Laguna Art Prize. Suas imagens já foram capa de revistas como Worbz. e Orchidmag.

 

Taila Idzi – Incorpora elementos gráficos e literários com muita imaginação e senso de humor, incluindo pequenas obsessões que conferem incrível uma inesperada (às vezes, nem tanto) dramaticidade à sua obra. Trabalha com desenho, gravura em metal e serigrafia.

Ania Valle – Artista nascida em Cuba, onde graduou-se pela escola de dança de Havana. Reside atualmente em São Paulo onde passou a desenvolver seu trabalho em artes visuais. Seu desenho transparece a preocupação com o corpo e as formas típicas da dança clássica.

 

Chana de Moura - Chana de Moura trabalha com possibilidades de sensibilização por meio de diversas mídias. A sua obra aborda um universo íntimo de relações e inspirações conectadas com o mundo exterior e com a natureza, uma fonte que a estimula constantemente. 

 

Mariana Castello - As imagens insólitas da obra de Mariana Castello são alucinatórias, mas com uma capacidade de encantamento frente ao seu imaginário singular. Um universo composto de formas humanoides e cores intensas, com personagens cativantes do mundo da fantasia. 

 

Paula Plim - Paula Plim iniciou sua trajetória como artista nas ruas de Porto Alegre. Sua linha de trabalho é repleta de seres coloridos e imagens orgânicas. Tem como referência outras culturas e etnias, incluindo a linguagem gráfica de papiros mexicanos, dos índios kuna, do folclore europeu e da arte africana. 

 

Rochele Zandavalli - Rochele traduz a fotografia em poesia. Com mestrado em Poéticas Visuais pela UFRGS e exposições individuais em importantes instituições no Brasil e fora dele, a artista ressignifica a fotografia, seja por meio de bordados em antigos retratos apropriados ou produzindo grandes ampliações de fotos polaroides, onde se aproveita de todas as imperfeições do processo que escolheu.

 

Uchôa - Desenvolve uma experiência surrealista em pinturas sobre telas e painéis. O artista transcende os cenários delirantes dos quadrinhos para produzir um mundo libertador e colorido, com personagens humanos e semi-humanos em harmonia a híbridos de todas as espécies.

Nina Moraes - Conhecida por seu trabalho em arte urbana, a artista desenvolveu uma identidade muito pessoal, um universo lúdico de seres ao mesmo tempo delicados e agressivos, simples e misteriosos, humanos e animalescos.

 

Os DJS

 

Fernanda Rizzo (Fritzzo) - Fernanda Rizzo, artista, DJ e produtora cultural gaúcha, descobriu sua paixão pela discotecagem aos 18 anos. Fritzzo surgiu em 2017 quando se encontrou na música eletrônica underground. Coordena parte das ações do coletivo PLANO, movimento político-cultural de ocupação sonora e artística de Porto Alegre-RS. Amante do Techno e do House, não se apega a um único estilo. Fritzzo toca sua vida de DJ e movimenta a cena sulista com muito amor e dedicação. 

 

Marcos Martinelli (Martinelli) - Marcos Augusto Martinelli é morador da zona metropolitana da capital gaúcha e faz parte da nova geração de DJs da cidade que estão envolvidos na cena do house e do techno underground. 

 

Calafia Art Store

 

Galeria conceito com obras originais, reproduções, molduras e produtos assinados de artistas urbanos e contemporâneos.

 

*crédito da foto: Monstro, Carlos Dias.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Porto Verão Alegre 2020

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Categorias

© Site orgulhosamente criado pela equipe PoaCult para você.

Faça contato conosco, envie e-mail para poacult@poacult.com.br