Evelin Wisniewski inaugura exposição “Quem és tu, mulher!” na Câmara Municipal de Porto Alegre

Salve amigos,

 

No mês das comemorações do Dia Internacional da Mulher, a escultora, pintora e designer engajada na reutilização de materiais descartados, Evelin Wisniewski, inaugura a exposição “Quem és tu, mulher!”, que retrata o empoderamento da mulher contemporânea e a sua relação com o consumo e a sustentabilidade. 

 

As obras produzidas com materiais reutilizados estarão expostas para visitação, de 8 a 23 de março, na Galeria Clébio Sória, da Câmara Municipal de Porto Alegre, no horário das 8h30min às 18h, com entrada franca. A expositora salienta que a mulher tem a capacidade de assumir várias funções, além de esposa e mãe. “Sustentamos-nos e a nossa mente criativa não pode ficar presa.

 

Está na hora das mulheres se apossarem das artes e isso é o principal pra mim”, destaca Evelin. 

Todas as obras em tela foram criadas a partir da reutilização de resíduos produzidos nas residências. Esses materiais ainda não são destinados à reciclagem como os metais retirados das madeiras coletadas, retalhos de costura, lençóis claros, lixas diversas e pincéis. A pintura das telas foi realizada com a utilização de tintas acrílicas, tintas naturais ou com a utilização da água de lavagem dos pincéis. A tela “Quem és tu, mulher!”  dá origem ao nome da exposição. A obra simboliza o papel da mulher em uma sociedade em ebulição como a geradora de mudança. A força motriz trasformadora nos diversos campos em que decidir participar, inclusive em uma sociedade que busca a sustentabilidade.  

 

A curadora,  bióloga e mestre em Gerenciamento de Resíduos, Alessandra Rosado Hernandes, informa que o material utilizado na produção das obras foi resíduo de origem domiciliar não reciclado pela indústria. Apenas na obra denominada Cuidadoras e Mães do Planeta Terra foram utilizadas recicláveis coletados junto à Unidade de Triagem da Restinga, com o objetivo de demonstrar que esses materiais não deveriam ser utilizados. “O motivo? Desta maneira, estaremos reduzindo a renda destes trabalhadores, diminuindo o tempo de utilização de nossos aterros sanitários, além de aumentar o impacto ambiental gerado pelo consumo cada vez maior de recursos naturais”, explica a curadora.

 

Alessandra Rosado Hernandes é doutoranda em Engenharia Industrial pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), pesquisadora do Núcleo de Caracterização de Materiais (NUCMAT/UNISINOS), mestre em Engenharia Civil - Ênfase em Gerenciamento de Resíduos pela Unisinos, especialista em Gerenciamento Ambiental e bióloga.

 

Um pouco da história de Evelin Wisniewski

 

As telas produzidas com materiais reutilizados iniciaram há 15 anos, quando a autora das obras, Evelin Wisniewski, veio morar no bairro Ipanema, zona sul da Capital. Incomodada em ver tantos resíduos (lixos) jogados na beira da praia, começou a utilizá-los para produzir as suas obras. Primeiro foram às esculturas de madeira, depois a produção de vasos a partir de cabeças de bonecas, calçados e até cacos de garrafas.

 

A artista criou o Clube da Escultura no Rio Grande do Sul, divulgando a arte, a cultura e descobrindo novos talentos. Realizou exposições de arte em Torres para artistas, sendo pioneira na utilização de materiais descartados (REUSO), criando um espaço único com rampa para deficientes físicos cadeirantes. Assinou a curadoria de exposições e leilões como, Cruz Vermelha do Brasil, Luz e Lar da Criança, a Construção da Nova Sede do Lar Santo Antônio dos Excepcionais, Comitê de Combate à Fome e a Miséria e a Liga Feminina de Combate ao Câncer.

 

Desde o ano de 2007, é curadora e criadora das obras do Atelier Tutty Wisniewski, no bairro Ipanema. As suas obras inovadoras e contemporâneas são produzidas com materiais diversos, reforçando a preocupação da artista com a responsabilidade ambiental. Além da inovação na criação das suas artes.

 

EXPOSIÇÕES

1985 Salão do Jovem Sul Americano no Museu de Arte Contemporânea no Paraná/PR.
1992 Las Palmillas – Puebla Del Rio – 10 Mulheres e sua Arte, Sevilha, Espanha.
1993 Galeria Aramayo – Punta Del Este, Uruguai.
1994 Spices, Exposição Brasil. Orlando, Flórida, EUA.
1995 Exposição. Tendências de hoje. Galeria de Arte Dreer. Brasília, DF.
1996 Exposição: Manhattan Arts International. Nova York, EUA. Exposição: Galeria Green Forever. Buenos Aires, Argentina. Exposição: De sensualidad X Ductilidad. Galeria Dionis Behassar. Madri, Espanha.
1997 Exposição Galeria Kvustuerlaq. Deustchland, Alemanha.
Exposição: Anuário Latino Americano de Artes Plásticas. Paço das Artes, São Paulo/SP.
Exposição: Espaço Cultural da NET, Porto Alegre/RS.
Exposição: Workshop Contemporâneo, pintor Ovanes Berberian, Off Gallery. Idaho,EUA.
Exposição: As cores do Brasil. Lisboa(POR) e New Orleans (EUA).
1998 Exposição: El Rastrilo. Lima (PERU).
1999 Exposição: “Os Olhares do Modernismo”. Galeria Ranulfo. Recife (PE).
Exposição: “Linguagens das cores na tridimensionalidade”. Exposição San Isidro, Lima (PERU).
2001 Exposição: “Verde que te quero verde, por que não?”.The Chelsea Arts Galleries. São Paulo, SP. Exposição: “ Les 100 Contemporaine”. Bienal Internacional de Arte.
2002 Exposição: First Art Eposition Brazil/Holland.

 

PREMIAÇÕES

1972 Prêmio - Mensão Honrosa – Concurso de Arte em Pintura sobre a Inconfidência Mineira (Tiradentes), Assembleia Legislativa/RS.
1983 Mensão Honrosa – Salão Artes Plásticas do Rio Grande do Sul. Medalha de Ouro com duas pinturas no Salão de Artes Plásticas do Distrito Federal/DF.
1985 Salão Jovem Sul América – Museu de Arte do Paraná, PR.
1986 II Salão Nacional de Artes, Museu de Arte de Goiânia, GO.
1987 1°Prêmio em desenho no XXX Salão de Artes de Pernambuco, Pernambuco, PE.
1988 Destaque no Catálogo de Artes de São Paulo, SP.
1989 Medalha de Prata em Desenho no 1° Concurso Latino de Novos Talentos de Artes Plásticas de Santo André, São Paulo, SP.
1990 Menção Honrosa: Dia Internacional da Mulher. Museu de Belas Artes Timóteo Navarro, Argentina.
1991 1° Prêmio “México e sua Cultura”, Salão de desenho. México.

 

Serviço:

 

O Que: Exposição: “Quem és tu, mulher!”.
Quando:Abertura da exposição: 07/08, às 19h.
Visitação de 08 a 13/03.
Segundas a sextas, das 8h30min às 18h.
Onde:Câmara de Vereadores de Porto Alegre
End.: Avenida José Loureiro da Silva, 255 – Centro Histórico.
Quanto: Entrada Franca.

 

Curadoria:  
Alessandra Hernandes.

 

Realização
Atelier Tutty Wisnewski 
EcoHumanitas

 

*crédito da foto: Divulgação. 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Cine Esquema Novo 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Categorias

© Site orgulhosamente criado pela equipe PoaCult para você.

Faça contato conosco, envie e-mail para poacult@poacult.com.br