Lã Crua, Fios da Memória – O Saber Fazer da Mulher Gaúcha


Nos meses de julho de agosto o Mês a Mês na História aborda a ovinocultura e a produção de lã no RS. O projeto do Arquivo Histórico, que completa dois anos, se conecta com o Museu Antropológico do RS e seus parceiros no evento Lã Crua, Fios da Memória – O Saber Fazer da Mulher Gaúcha.

A exposição abre dia 23 de julho e traz registros econômicos e literários de como as pessoas viveram melhor a partir das possibilidades oferecidas pelos ovinos: a carne, o leite e a rica pelagem. A mostra pode ser conferida no primeiro andar do Memorial do RS, de terça a sábado, das 10 h às 18 h; domingos e feriados, das 13 h às 17 h. Entrada franca.

A pesquisa revelou um dos mais antigos documentos (1784) com a relação dos habitantes da Freguesia do Senhor Bom Jesus do Triunfo, parte meridional do Rio Guaíba até as margens do Rio Camaquã. O códice traz a relação dos proprietários, com as dimensões das terras, além da quantidade e o tipo de animal, como gado vacum, animais cavalares e ovelhas. Será exposto um quadro estatístico territorial (1847), com nomes das estâncias, proprietários, dimensões, tipo de criação, número de trabalhadores, peões e agregados.

O Mês a Mês na História exibe também documentos privados que comprovam legados com ovelhas, como o Inventário de Francisco Ferreira de Castilhos, pai de Julio de Castilhos, de 1883. Além de imagens de viajantes europeus do século XIX, com registros sobre ovelhas e a produção de lã.

Em destaque, o relato do francês Nicolau Dreys, que publicou um livro sobre sua experiência como comerciante no extremo sul do Brasil. Trata-se de um documento inestimável sobre hábitos e cotidianos da época. Em determinado trecho lemos sobre os ponchos “ditos de Mostardas”, feitos de lã. Era o Poncho Bichará, uma das primeiras vestimentas do Rio Grande, usada apenas no inverno. Esse poncho tem origem jesuítica e foi criada pelos Guaranis: um pala feito em tear manual, com lã de ovelha, quase sempre crua.

Mês a Mês na História

Lã Crua, Fios da Memória – O Saber Fazer da Mulher Gaúcha

De 23 de julho a 25 de agosto.

De terça a sábado, 10 h às 18 h; domingos e feriados, 13 h às 17 h.

Entrada franca.

Memorial do Rio Grande do Sul (primeiro andar)

Praça da Alfândega – Centro Histórico de Porto Alegre

#Julho19 #Agosto19

0 visualização

© Site orgulhosamente criado pela equipe PoaCult para você.

Faça contato conosco, envie e-mail para poacult@poacult.com.br