Show Androginismo


A artista transexual gaúcha Valéria e a drag cearense Gisele Almodóvar, alter ego do ator Silvero Pereira, apresentam um repertório de vários gêneros musicais, da MBP aos hits internacionais.

Com apresentações em Porto Alegre, Fortaleza e Rio de Janeiro, o espetáculo é um retrato do universo LGBTQIA+ não somente a partir de um critério cronológico ou estético mas, principalmente, para que o público possa interagir com a proposta artística idealizada pelos performers.

O nome do espetáculo é inspirado na canção composta pelo Almôndegas, grupo gaúcho que na década de 70 emplacou essa canção na vanguarda do questionamento acerca da diversidade sexual, especialmente da travestilidade. O espetáculo é uma homenagem divertida, festiva e poética, que une esses dois talentos do sul e do nordeste brasileiro, em torno da boa música. No repertório, a fina flor da música brasileira, mas também Nina Simone e Edith Piaf. O acompanhamento está a cargo dos músicos Rodrigo Apolinário e Rafael Erê.

Serviço: O que: Show Musical Androginismo, com Valéria e Gisele Almodóvar Quando: 21 e 22 de março – 20h Onde: Teatro Eva Herz da Livraria Cultura Valores: R$ 50,00 (inteira) R$ 25,00 (meia) R$ 40,00 (promo antecipado) Vendas: on line: na Ingresso Rápido | Físico: na Livraria Cultura

Sobre Silvero Pereira Silvero iniciou a carreira artística com 17 anos fazendo teatro. Além dos diversos trabalhos com grupos cearenses, ele fundou duas companhias em Fortaleza: a Inquieta Cia. de Teatros e o Coletivo Artístico As Travestidas. O Coletivo Artístico As Travestidas foi fundado há 14 anos, composto por atores e atrizes transexuais e artistas transformistas e já produziu vários espetáculos, com temporadas nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste. Sobre o coletivo, Silvero explica que “o projeto visa questionar a sociedade sobre a caricatura e o estereótipo do universo trans, promovendo, com isso, um conhecimento mais aprofundado sobre o assunto e tentando desconstruir preconceito, esclarecendo e promovendo uma maior compreensão através da arte, em especial o teatro”. Estreou no cinema no longa metragem Serra Pelada (2013), que mais tarde, virou série na Rede Globo. Durante uma apresentação da peça "BR-Trans", em cartaz no Rio de Janeiro, Silvero foi descoberto por Glória Perez que o convidou para participar da novela “A Força do Querer” (2017). Por esse trabalho, foi indicado na 22ª edição dos Melhores do Ano na categoria melhor ator revelação. O espetáculo BR Trans foi, sem dúvida, o espetáculo que lhe consagrou no teatro e, merecidamente, foi premiado em diversas categorias: no Prêmio Aplauso Brasil de Teatro, venceu nas categorias melhor ator, melhor espetáculo e melhor dramaturgia, no Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga venceu na categoria melhor espetáculo. No Prêmio Extra de Televisão venceu como revelação masculina. Além das indicações que venceu, foi indicado ainda em outras dezenas de prêmios.

Sobre Valéria Natural de Santo Ângelo – RS, ganhou seu primeiro prêmio com a música aos 06 anos de idade, na escola. Desde então esteve envolvida, de uma forma, ou outra, com a música. Ainda no interior do Estado foi convidada para fazer parte, como “crooner” da Banda Balança Brasil que percorria o Estado tocando em bailes.

No ano de 2000 radicou-se em Porto Alegre e foi, aos poucos, sedimentando a sua carreira. Em 2012 participou do programa de talentos “Astros”, do SBT, sendo semifinalista e ganhando, assim, notoriedade nacional. Participou de eventos dos mais diversos e importantes desde ter sido convidada a cantar o Hino Nacional para autoridades do alto escalão da presidência, até apresentar-se no teatro mais importante do nosso Estado, o Theatro São Pedro. Ainda em 2012 venceu a edição gaúcha do Festival da Canção Francesa e foi cantar em Paris.

Estrelou o documentário “Me Chamo Valéria”, curta sobre sua vida e carreira rodado no Rio Grande do Sul e participou do curta “Meu Preço”, rodado no Rio de Janeiro, onde interpreta também a música tema e pelo qual foi premiada como melhor atriz coadjuvante. Como ativista engajada em defesa dos direitos LGBTQIA+ recebeu o troféu Mulher Cidadã da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul.

Regularmente é convidada para shows e eventos em Montevideo, onde já tem público cativo.

Estrela da Festa Galeria In, no Galeria Café, em Ipanema, Rio de Janeiro, onde se apresenta desde 2016, já convidou para participação nos seus shows artistas como Maria Gadú, Simone Mazzer, Filipe Catto, Laila Garin, Nanda Costa, Patrica Mellodi, Zéu Britto, Cláudio Lins, Lucio Mauro Filho e Silvero Pereira, entre outros.Em Março/2018 fez o show de abertura da turnê “Witness – The Tour”, de Katy Perry, no Brasil e no mesmo ano fez participação especial em uma das edições do programa Amor & Sexo (Rede Globo). Se prepara agora para estrear, em Abril, o espetáculo teatral “Entrega para Jezebel”, em São Paulo.

#Março19

34 visualizações

© Site orgulhosamente criado pela equipe PoaCult para você.

Faça contato conosco, envie e-mail para poacult@poacult.com.br