Mês a Mês na História: festas natalinas, praias e repressão


    A edição de dezembro do projeto do Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul exibe documentos originais e imagens sobre os temas destacados nesse mês.

    A exposição do projeto Mês a Mês na História apresenta três eixos distintos: o Natal com seus antigos cartões de felicitações, a praia como espaço de lazer e local de investigação científica, e o período de repressão durante a ditadura militar brasileira com o Ato Institucional nº 5. A mostra tem entrada franca e pode ser visitada até o dia 30 de dezembro.

    “Os dezembros, ao longo da História, nos deixaram as lembranças das festas natalinas e das temporadas na praia. Mas, tanto a praia, lugar privilegiado de lazer, como as festas natalinas, conviveram com seus avessos. A praia transforma-se em local de estudo da ancestralidade indígena, por intermédio dos sambaquis e ponto de observação e sinalização, com a construção de faróis. E Dezembro ainda pode lembrar agressões e perda de direitos”. (Rejane Penna Martins - historiógrafa do AHRS)

    Entre os materiais apresentados, um estudo sobre vestígios arqueológicos dos sambaquis de Torres, realizado por Ruy Ruben Ruschel, historiador, geógrafo e juiz de Direito. E também documentos do século XIX sobre a construção do farol de Itapuã. Serão expostos ainda registros policiais das agressões a um garoto de 16 anos e sua mãe, além da perseguição aos funcionários públicos e opositores do regime militar no Brasil por meio do Ato Institucional nº 5.

    A pesquisa e os textos foram elaborados por parte da equipe do Arquivo Histórico do RS: a historiógrafa Rejane Penna Martins, a arquivista Vivian Eiko Fujisawa e os acadêmico de História, Carlos Eduardo Pereira e Alan Ricardo Schimidt Pereira.

    Sobre o Mês a Mês na História:

    O projeto idealizado e realizado pelo Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul - instituição da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer - completou um ano em julho deste ano. A proposta busca valorizar e incentivar a leitura de fontes primárias com a exposição de documentos originais do acervo do AHRS relacionados a contextos e assuntos de interesse da comunidade, que revelam um conhecimento inestimável sobre a História do Rio Grande do Sul e do Brasil. O desconhecimento desse material, mesmo entre o público erudito, torna esse acervo invisível e incapaz de cumprir sua utilidade como vestígios materiais da existência dos homens em vários tempos e lugares.

    SERVIÇO

    O QUE Mês a Mês na História – edição de dezembro

    QUANDO De 04 a 30 de dezembro

    ONDE primeiro andar do Memorial do RS (Rua Sete de Setembro, 1020 – Centro Histórico de Porto Alegre)

    Entrada franca

    #Dezembro18

    22 visualizações

    © Site orgulhosamente criado pela equipe PoaCult para você.

    Faça contato conosco, envie e-mail para poacult@poacult.com.br