Os Miseráveis estreia na capital


    Salve galera PoaCult,

    Uma prisão, um navio, uma casa e uma barricada em chamas trazem ao palco porto-alegrense a Paris do século XIX. Um grupo de 10 jovens atores recriam em cena o clássico romance de Victor Hugo para falar sobre os dias de hoje. A livre adaptação de “Os Miseráveis”, encenada pelo Efêmeros Teatro de Grupo, estreia na Sala Álvaro Moreyra. A peça foi contemplada pelo Edital de Ocupação dos Teatros Municipais, temporada Novas Caras.

    A ideia de adaptar o romance para o teatro surgiu em meio a debates dentro do grupo sobre a crise política brasileira atual e sobre o enfraquecimento da confiança na justiça do Estado, contaminado por histórias de corrupção que cada vez mais chegam à superfície. Um dos atores então propôs resgatar a história de Jean Valjean que, no livro de Victor Hugo, fica preso por 19 anos por roubar um pedaço de pão.

    Na encenação do Efêmeros, a história é contada pela perspectiva de Cosette, filha de Jean Valjean, já com 70 anos. Ela costura a peça contando as memórias de seu pai, de forma que são criadas duas camadas temporais em cena, o hoje, na figura de Cosette, e o passado, por meio das memórias contadas por ela.

    Na montagem dirigida por Juliano Rabello, a França pós-revolução, ainda fervendo pela revolta da parte mais pobre da população, é usada como metáfora para o Brasil atual e sua crise ética e política. Na peça do Efêmeros, “Liberdade, Igualdade e Fraternidade” está para “Ordem e Progresso”, conceitos desbotados e enfraquecidos quando colocados em contraste com a realidade enfrentada pelo povo.

    De acordo com o diretor, apesar das brutalidades e violências sociais expostas na peça, “Os Miseráveis” é uma história que fala sobre compaixão. “Nosso protagonista, Jean Valjean, tem todo o direito de responder às violências que sofreu na mesma moeda, mas ele escolhe outro caminho, ele escolhe não dar sequência ao ódio”, explica Rabello.

    Sinopse:

    Uma mulher relembra a trajetória de sua vida junto aos espectadores, sua história, marcada pela compaixão de um homem: seu pai adotivo, Jean Valjean, um ex condenado que atravessa a França pós Revolução, preso por 19 anos por roubar um pedaço de pão, é libertado para uma vida épica de amor, morte, sangue e luta, em uma França que vive a violência e a miséria de um retrocesso sombrio, fazendo com que aqueles que lutam por sua liberdade, peguem em armas para reaver seus direitos. Uma livre adaptação do Efêmeros Teatro de Grupo para o clássico de Victor Hugo, um conto onírico e contemporâneo sobre a compaixão.

    Serviço:

    O Que: Espetáculo “Os Miseráveis” Quando: de 31/7 a 14/8, todas as terças, sempre às 20h Onde: Sala Álvaro Moreyra End.: Av. Érico Veríssimo, 307.

    Quanto: R$20,00 e R$10,00 (estudantes, idosos e classe artística).

    Classificação indicativa: livre.

    Ingressos antecipados: http://www.entreatosdivulga.com.br/osmiseraveis

    *crédito da foto: Tânia Ferreira.


    75 visualizações

    © Site orgulhosamente criado pela equipe PoaCult para você.

    Faça contato conosco, envie e-mail para poacult@poacult.com.br