[REVIEW] Eles Estão de Volta


Arena do Grêmio

Dia 21/04/ 2018

Porto Alegre viveu neste dia a celebração do sertanejo – ritmo mais escutado pelo Brasil inteiro

A cidade sediou a reedição do show “Amigos” que fez muito sucesso no século passado (é verdade… faz teeempo), originalmente constituído pelas duplas Leandro e Leonardo, Chitãozinho e Xororó, e Zezé di Camargo e Luciano. Gerações distintas puderam presenciar grandes clássicos da música brasileira.

Quem subiu ao palco desta feita para quase 7 horas de show foram, na ordem de apresentação, Daniel, Leonardo, Chitãozinho e Xororó, Zezé di Camargo e Luciano, e Bruno e Marrone

Daniel inicia sua apresentação apelando para o gauchismo e ganha a plateia logo de cara. Um bandeirão enorme no telão, alternando com imagens do Rio Grande do Sul serviram de pano de fundo para “Quando o Coração se Apaixona” e a música que consagrou a dupla João Paulo e Daniel: “Estou Apaixonado”.

Para inflamar ainda mais nosso bairrismo, Daniel chama seu gaiteiro (que é gaúcho de Vacaria, por sinal) pra tocar “É Disso que o Velho Gosta”, de Berenice Azambuja.

O cantor ainda puxa “Evidências”, antecipando o gostinho que o público esperava ter com Chitãozinho e Xororó. Mais um clássico, “Romaria” com uma bela imagem de Nossa Senhora Aparecida no telão.

Daniel encerra sua hora de show no melhor estilo "rei Roberto Carlos", jogando rosas para a plateia.

Na vez de Leonardo, o cantor desfila as músicas que consagraram a dupla Leandro e Leonardo, como “Vou Chorar”, “Não Aprendi Dizer Adeus” e “Paz na Cama”. Neste meio tempo, Leo abre seu bar e aproveita pra tomar um martelinho e animar o show. Com seu bom humor peculiar e a clássica “Cerveja”, o cantor termina mais uma horinha de espetáculo, que não havia chegado na metade ainda… o melhor estava por vir...

Chitãozinho e Xororó – certamente a dupla mais esperada do dia, já começa o show pra cima, com “Nascemos Só pra Cantar”. Como uma grande celebração do sertanejo, a dupla ainda chama o cantor Daniel e Leonardo para dividirem o palco. Não faltou o “Fio de Cabelo”, Galopeira (com direito a coral da galera no refrão), além dos ritmos variados que Xororó trouxe para a Arena, como “Trem Bala”, de Ana Vilela. A dupla emenda um “Canto Alegretense” que mais uma vez deixa o gaúcho todo bobo e, é claro, encerra o show com “Evidências”, cantado por todo o estádio e um final acappela de arrepiar. Ovação maior para um espetáculo não seria possível, com o público pedindo bis.

Depois vieram Zezé Di Camargo e Luciano para aumentar ainda mais a empolgação. A dupla abre o show mostrando como tudo começou com “É o Amor”. “Pão de Mel” e a bela “O Dia em que Eu Saí de Casa” também fizeram parte do setlist e até o pessoal que estava trabalhando nos bares da Arena não resistiu e começou a cantar. O produtor da dupla fez uma surpresa em cima do palco e trouxe um bolo gigante para comemorar os 27 anos de carreira dos sertanejos. Em outro momento especial, Luciano desce do palco cantando e vai até o meio da galera para saudar os fãs.

Como se não bastasse esse monte de clássicos do sertanejo, a dupla mais “novinha” em termos de sucesso e carreira sobe ao palco para encerrar o dia: Bruno e Marrone. “Choram as Rosas”, um dos primeiros hits dos cantores foi a escolhida para abrir o show. Também rolou a versão de "Si No Te Hubieras Ido" (Se Não Tivesse Ido), que fez sucesso por aqui com o grupo mexicano Maná. Zezé Di Camargo e Luciano são chamados para dar o toque especial no clássico absoluto dos botecos Brasil afora: “Dormi na Praça”, que teve bis em um ritmo eletrônico contagiante no final desse dia histórico para o sertanejo e para a música brasileira. Sim, música brasileira de primeira qualidade, executada por grandes artistas e com muitas décadas de carreira. E isso não é pra qualquer um.

Além do mais, quer você goste ou não do ritmo, uma coisa não dá pra negar: os caras sabem fazer uma festa. E que baita festa! ;)

*obs.: e quando toca “Evidências” ninguém se segura sem cantar junto ;)

*obs2.: por falar em música brasileira de qualidade, não muito longe da Arena se apresentava ninguém mais, ninguém menos do que o maior hitmaker brasileiro: Lulu Santos! Confira nossa review!

Texto e fotos: Adriano Moreira & Melissa Zanirati


36 visualizações

© Site orgulhosamente criado pela equipe PoaCult para você.

Faça contato conosco, envie e-mail para poacult@poacult.com.br