Fatale na Segunda Maluca do Ocidente


Salve amigos,

Um espetáculo performático-musical de cenas icônicas do cinema, em que mulheres deslumbrantes cantam músicas inesquecíveis.

Iandra Cattani (voz), André Paz (baixo), Rodrigo Fernandez (teclado) e Rodrigo Souto (bateria) interpretam essas músicas, sob a direção de João de Ricardo, recriando o clima de classe, cabaré e Jazz do cinema da década de 40.

Quem já viu um filme com Marilyn Monroe sabe o impacto que causa a sua entrada, a sua voz, o seu figurino. Sabe o que é esquecer por alguns minutos que sequer há um filme, pois a única informação importante é aquela performance, aquele desbunde visual e musical.

Essas grandes aparições foram recursos largamente usados no cinema dos anos 40, gerando divas e seus clássicos, como é o caso de Rita Hayworth em Gilda, tirando lentamente sua longa luva preta e cantando Put the blame on Mame para uma plateia embevecida. O cinema contemporâneo, por sua vez, explorou essa memória coletiva para cenas como a da ruiva inesquecível Jessica Rabbit, em Uma cilada para Roger Rabbit, e até usou o deslumbramento causado por essas cenas para intitular filmes como Veludo Azul, de David Lynch, cuja cena imemorial é de Isabela Rosselini cantando Blue Velvet.

Cenas impecáveis visualmente, músicas de compositores como Cole Porter, interpretadas por damas do jazz como Peggy Lee, enfim, esse grande deleite estético e sonoro da combinação música + cinema, foram a grande inspiração para o espetáculo Fatale, que busca revisitar todos os aspectos que originam o que com o tempo passa a ser tratado como um Clássico.

Imperdível!

O Que: Fatale: Voz, Veludo e Cinema. Discotecagem: DJ Jamaica. Quando: 12/03, às 22h30min - a casa abre às 21h. Onde: Ocidente. End.: João Telles esq. Osvaldo Aranha. Quanto: R$30,00.

Realização: Rei Magro Produções.

*crédito da foto: Anderson Astor.


0 visualização

© Site orgulhosamente criado pela equipe PoaCult para você.

Faça contato conosco, envie e-mail para poacult@poacult.com.br