Korn em Porto Alegre [review]


Uma noite única e memorável. O show do Korn na verdade foi um show duplo: Korn com seu incrível e sólido repertório e Tye Trujillo, que nos três shows pelo Brasil convenceu e impressionou a todos. O garoto de 12 anos, filho do renomado contrabaixista Robert Trujillo (Metallica), está como substituto do Fieldy na tourne da banda pela America do Sul e está mandando muito bem.

O show de entrada, como já havíamos dito aqui no PoaCult, ficou por conta da Ego Kill Talent, que subiu ao palco e animou ainda mais a galera que esperava ansiosamente pelo Korn. E vamos combinar que não deve ser nada fácil abrir um show desses. Mas nada que a Ego Kill Tallent não desse conta, afinal a banda é formada por apenas Jonathan Corrêa - do Reação em Cadeia, Jean Dolabella - ex-Sepultura, Estevam Romera - Desalmado, Theo Van Der Loo e Raphael Miranda - ex-Sayowa.

Logo após, pontualmente às 20h, Korn se preparava para entrar no palco. E foi só eles aparecerem para o Pepsi On Stage vir abaixo em gritos, pulos e rodas punks. Porém, a banda que está em sua sexta passagem pelo Brasil, com destaque no Rock in Rio 2015, desta vez dividiu atenção ao talentoso pequeno grande contrabaixista Tye. E não é a toa que todos rasgam boas críticas ao garoto, com uma super presença de palco e técnicas afiadas de contrabaixo, Tye é um show a parte.

Para Marcelo Dessimon, que já havia visto alguns vídeos do menino, Tye iria substituir Fieldy a altura: "O Korn não seria bobo de colocar alguém ruim. Ele manda bem, ainda tem estrada para rodar, mas está no caminho certo.".

Mas claro que Jonathan Davis continua com destaque no palco, com sua voz singular e presença em palco. O show que teoricamente é de divulgação do incrível albúm The Serenity of Suffering acaba dando espaço para vários sucessos mais antigos da banda, o que animou ainda mais o primeiro show em Porto Alegre.

Com rápida duração. Korn explodiu energia durante 1h40min que esteve no palco. Destaque para alguns momentos como quando a banda tocou Rotting in Vain e Insane - ambas do novo album, Coming Undone com trecho de "We Will Rock You" do Queen, Shoots and Ladders com Jonathan tocando gaita de fole, Solo do Tye Trujillo seguido do Drum Solo de Ray Luzier e claro Falling Away From Me - que resultou em um coro dos fãs após o termino da música, surpreendendo a banda.

Não sei quando será a próxima vinda da banda a capital, mas já estamos prontos e ansiosos. Quem perdeu a cobertura Live que rolou nos Stories do nosso Insta, aí vai um gostinho do Ego Kill Tallent, Korn e Tye Trujillo:

Texto: Rafa Curtinaz Severo.

Fotos: Peterson Brum.


56 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

© Site orgulhosamente criado pela equipe PoaCult para você.

Faça contato conosco, envie e-mail para poacult@poacult.com.br